Eterno arquivo do que já não interessa
Vazio Infinito

segunda-feira, 15 de março de 2010

Alternante

Mudo o dobro a cada dia
Já não fico mais estável
Já não lembro o que fazia
Não fui nada memorável

Altero a vida sem razão
Já não fico estagnado
Já não tenho em minhas mãos
A vida que tinha no passado

Troco jeitos como roupa
Já não uso frases feitas
Já não canto com voz rouca
Não sou mais da velha seita

Já não fico mais estável
Já não fico estagnado
Já não uso frases feitas
E sei que não serei lembrado

Nenhum comentário:

Postar um comentário