Eterno arquivo do que já não interessa
Vazio Infinito

terça-feira, 6 de maio de 2014

Um Novo 6 de Maio

E tudo ainda vale tanto
Tanto tempo já passou
E eu aqui na mesma estrada
nossa estrada, meu amor

E aqueles sonhos velhos
Já tão gastos e esquecidos
Alguns deles realizados
Mas que nunca perdem o brilho

Mais um daqueles textos
Um poema com teu nome
Fica espalhado pelas linhas
Esse amor que não nos some

Eu só queria ter um jeito
De dizer em meio a isso
Que nada muda o que eu sinto

E que nada vai mudar
E que eu vim para ficar
Somar a ti tudo o que eu tenho
Construir o que faltar
Para assim te ver feliz

É tudo que eu sempre quis
Te receber, braços abertos
E receber sorriso, certo
De que tudo isso é pra mim

E foi por isso que penei
Foram anos dolorosos
Mas foram todos anos nossos
E isso nunca vai mudar

Cinco anos de vivência
Experiências perigosas
Mas você, maravilhosa
Fez tudo valer a pena
Fez o que era bom durar
O que não importa já se foi
E de tudo isso aqui ficou
O que move a minha vida

Nunca esqueça, minha querida
Que estou sempre ao seu lado
Independente de passado
Pois é certo que já te encontrei
E sabendo do perigo
Eu continuo aqui contigo
Vale a pena por você