Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Soneto da Inconsciência

Eu sou a dor do novo encontro
A agonia da poesia
A tristeza e a Alegria
Eu sou a decepção

Eu sou Deus e o Diabo
Misturado em um só
Sou o nó e sou o pó
Sou apenas ilusão

Eu sou o escrúpulo que lhe falta
Sou a queda mais alta
Sou incômoda emoção

Sou a reunião de inimizades
Sou a trégua de maldades
Sou a pura necessidade de Perdão

Nenhum comentário:

Postar um comentário