Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Meio Certo ou Errado ( Ou Aquele Tempo )

Eu que sempre quis o certo
Agora não sei mais como me enganar
Sempre me julguei esperto
Até demais pra nunca errar

E que nunca me arrependo
Sem medo de machucar
Sempre comecei sabendo
Aonde iria chegar

Anything I try, anything I do
Pretend to be cool, I’ll do this for you
I can see the end but not the Begin
I’ll try to be Nice and never be me

E eu que sempre fui incerto
Sempre tentei me enganar
Nunca fui um cara esperto
Acostumado a só errar

E eu sempre me arrependo
Sei que vou me machucar
O passado vai me remoendo
E o futuro nunca vai chegar

We are just a lie, we were never right
But I always wanted you here by my side
This is just the end, we are better alone
Those were my last words, or maybe is just one

Um comentário: