Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

sábado, 23 de janeiro de 2010

O Auto do Novo Olimpo Mundano Pt. 7

Sétimo Capítulo: O Elo do Tormento


Os anos passaram bem apressados
E Merlin famoso se tornou
Seja lá por onde viajou
Reuniu muitos pecados

Principalmente a vaidade
Que não sumiu com a idade
Pois era um bardo conhecido
E por todos bem querido

Um dia enfim veio o retorno
Pra todo o excessivo conforto
Alguém encolerizado
As Erínias havia chamado

A primeira era a implacável
Alecto, dona do interminável
Amaldiçoou a Merlin com prazer
A seu lado ele pra sempre deveria viver

A segunda era a Megera
E fazia jus ao nome de fera
Pela eternidade em seus ouvidos gritaria
E do seu rancor o lembraria
Tisífone era a terceira
E de todas a mais rasteira
Mil açoites eram pouco
Até que ele ficasse louco

E por tempos continuaram
As Erínias o castigavam
Até que ele entendeu
Os erros que cometeu

Ele já havia as conhecido
E por elas foi querido
Mas ele as havia trocado
E por isso era castigado

Ele enfim foi perdoado
E toda a dor deixou de lado
As três deusas foram embora
E não haviam pecados agora

Merlin continuou a andança
Fingiu que nada aconteceu
E que ele nunca conheceu
As deusas da vingança

Nenhum comentário:

Postar um comentário