Eterno arquivo do que já não interessa
Vazio Infinito

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Meio Certo ou Errado (Ou Aquele Tempo) Versão Definitiva mas passível de mudanças

Eu que sempre quis o certo
Agora não sei mais como me enganar
Sempre me julguei esperto
Até demais pra nunca errar

Eu que nunca me arrependo
Sem medo de machucar
Sempre comecei sabendo
Aonde iria chegar

Eu que sempre estive certo
Naquele tempo tão voraz
Sempre estive tão perto
E deixei tudo ficar pra trás

E eu que sempre fui incerto
Sempre tentei me enganar
Nunca fui um cara esperto
Acostumado a só errar

E eu sempre me arrependo
Sei que vou me machucar
O passado vai me remoendo
E o futuro nunca vai chegar

Começando tudo errado
Não há nada a se mudar
Ponho a vida de lado
Volto sempre a caminhar

2 comentários: