Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Atraso

Então a gente vai brigar e tudo vai se resolver
E aí as coisas vão ser simples e tudo fica leve
Porque no final das contas todo tempo é muito breve
E tudo o que assusta é o que não dá para entender

Tem muita coisa estranha realmente acontecendo?
Porque não me parece ser normal esse delírio
Polir minhas palavras muito pouco e assim ter brilho
Pra nem mesmo saber no que é que estou me envolvendo

Você vai contar as sílabas, porque é pra ser assim
Não dá pra ser tão fácil e nem deve ser difícil
Certas feitiçarias acontecem por acaso
E o tempo que é curto já parece não ter fim
Não era pra ser fácil e de repente já é possível
Então te escrevo agora, mas já soa como atraso

Nenhum comentário:

Postar um comentário