Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

terça-feira, 14 de março de 2017

Descanso

Será que tudo isso é natural?
A pouca idade já me pesa
E é tanta força e tanta reza
Pra ir contra o que é normal

Eu venho me contrariando
Pra não me contrariar
E é de tanto me esforçar
Que vejo a vida se passando

Eu nem sei mais o que eu quero
Porque o que eu quis só me traz dor
E outro dia traz horror
E nunca a paz que eu espero

Então se é pra continuar
Meio vivo, meio morto
Dá-me um pouco de conforto
Pra essa noite eu descansar

Nenhum comentário:

Postar um comentário