Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

terça-feira, 28 de setembro de 2010

To The Other Side

"Break on through to the other side"

Eu sou o que você não vê,
Mas sou o que tens guardado,
O que você carrega na mão.
Eu sou tudo o que não há em você,
Que perfeitamente me foi dado,
Para te completar, te dar razão

Eu sou inexistente aqui,
Mas alí sou um qualquer
E em outro lugar posso só ser
Sou o nó bem dentro de ti
Que só abre quando quer
E que te amarra ao viver.

Eu sou o que divide o seu dia
Sou a noite, cada noite escura
E te assusto em cada madrugada
Sou a sua prece por companhia
E o seu flerte com a loucura
Sou o vulto na sua caminhada

Eu estou e não vou estar parado
Me movendo sem sair do lugar marcado
Observe enquanto não sou notado
Eu sou o outro lado, o outro lado

Trecho em itálico da música "Break On Through" do Doors

Nenhum comentário:

Postar um comentário