Eterno arquivo do que já não interessa
Vazio Infinito

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Protège Moi

Sorriso morto, face gasta
Olhos fracos, expressão vulgar
Para mim, minha palavra não basta
Mas para ti ela há de bastar

Minha lista de tristezas é vasta
A de alegrias mal da pra listar
Para mim, tua palavra não basta
Sua voz de noite a me assombrar

Está na minha pele, meu amor
Tudo que eu quero que digas
Os passos que quero que sigas
Caminho pro seu abraço, salvador
Pro seu sorriso em comoção
Pro seu colo, minha proteção

Nenhum comentário:

Postar um comentário