Eterno arquivo do que já não interessa
Vazio Infinito

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Homem

Já não me engana com teus jeitos
Sei de todos os seus defeitos.

É estranho no final sermos suspeitos
De crimes iguais...

Já não me engana mais
Com seus sorrisos iguais
Te conheço, meu rapaz
De outros carnavais

Esse olhar de bom ator
E esse tom impositor
Nunca foram teus
Preso sempre em um karma
Fez da poesia sua arma
Erros seus...

Nenhum comentário:

Postar um comentário