Eterno arquivo do que já não interessa
Vazio Infinito

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Escasso

Ouça o som dos meus passos
Veja a cor do meu olhar
Sinta o excesso de espaço
Que parece me dominar

Respire o ar escasso
Intocado ao meu redor


Toque minha carne fraca
Minha alma
Use minhas palavras, sua faca
Crie o trauma

Troque os passos
Arme o olhar
Use meus espaços
Tente dominar
Ouça a melodia fraca
A cor da minha alma
Sinta a palavra, a faca
Que cria o trauma

Respire perto de mim
Toque escasso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário