Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Yin Yang (Esquisitice)

Pouco tempo
Muita espera
Lento penso
Ela impera
Muito tempo
Pouca espera
Nela penso
Lento impera
Muito pouco
O tempo espera
Lenta, ela
penso, impera
Quase nada
Vale tudo
Ela cega
Ele mudo
Quase tudo
Vale nada
Ele cego
Ela muda
Quase vale
Nada ou tudo
Ela ou ele
Cego ou mudo
Pouco tempo, quase nada
Vale tudo, muita espera
Lento penso: ela é cega
Ele mudo, ela impera
Quase tudo, muito tempo
Pouca espera vale nada
E eu cego nela penso
Isso impera, ela muda
Quase muito vale pouco...
Ou tudo. O tempo espera nada
Ela lenta... Ele e ela
Pensa o cego... Impera o mu(n)do

Nenhum comentário:

Postar um comentário