Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Momento

Um par dançava sob a luz, na rua
Juntos como um, uma sombra e só
Dividindo tudo o que lhes dava a lua

Juntos em um só embalo, um só passo
Juntos como se presos por nó
E as marcas no chão, o tempo, o espaço

E tudo o que havia além deles
Nem mesmo a seus olhos chegava
Nada no mundo importava, só eles

E tudo se ignorava, em tempo...
Parecia-lhes que o tempo aumentava
Pra um embalo lento, pr'O momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário