Eterno arquivo do que já não interessa
Vazio Infinito

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Independas

Não dependes de mim
Nem sequer dependes
De um qualquer ruim
E assim, não aprendes

Não dependes de ninguém
E ainda não sabes dizer
Pra que lado pendes, meu bem
Nunca soubestes escolher

Não dependes nem de ti
De ninguém presente aqui
Enquanto todos dependem
De te ver sorrir
E de esperar em vão
Sua independente paixão

Nenhum comentário:

Postar um comentário