Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

sábado, 22 de julho de 2017

Anunciação

Deve haver uma maneira de expressar o inexpressável
Algo pra amarrar os pontos dessas tais declarações
Ou poesia sinestésica que explique as sensações
Ou qualquer que seja a forma de tornar amor quantificável


Me escute com teus olhos, já que ainda estou distante
Não é só se permitir, o encantamento é genuíno
O conforto magnético que em cada encontro vai surgindo
E ainda é muito pouco tudo que nos vem adiante


Eu não sou bom com as palavras, eu sou bom com sentimentos
Tenho plena consciência que você me tira o chão
Seguramente vale me entregar à imensidão
Me apaixonar um tanto a cada um destes momentos


Então quando você voltar, meu tempo inteiro é teu
Aguardei ansiosamente, definhando de saudade
Tenho até me perguntado se isto é realidade
Ou se foi só em sonho que você me apareceu

Nenhum comentário:

Postar um comentário