Eterno arquivo do que já não interessa
Vazio Infinito

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Mais Nada

Do fim ao recomeço é por aqui que nos falamos
E em mais um desses momentos é aqui que desafogo
Pois sei que é evidente que irei embora logo
Terminar de uma só vez todo esse mal que nos causamos

Não somos nada um pro outro, ou foi sempre tudo assim?
Você não cabe na minha vida dessa forma que desejas
Eu não sou essa pessoa que convive com incertezas
Já não me entristece mais pensar que isso é o nosso fim

O cansaço disso tudo carregou muito de nós
Talvez tenha levado até o amor que persistia
Sobrou silêncio nesse encontro, falta de uma sintonia
Qualquer coisa pra acalmar a frustração nos meus lençóis

Mas não vou rogar por nós nem uma prece exasperada
Calo o que vier e sentencio afastamentos
Pensando só em mim em cada um desses momentos
Sei que pra você aqui já não resta mais nada

Nenhum comentário:

Postar um comentário