Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

terça-feira, 26 de julho de 2016

Algo de Bom

Aos olhos de quem quer ver há sempre um algo mais
E aos teus olhos eu dedico alguns minutos desse dia
Se dissestes que viria eu faria um pouco mais
Se disseres que virá talvez eu guarde essa poesia

Aos olhos de quem quer ver há sempre um certo encanto
E eu não sei se esse é o teu caso, mas se for deixo também
Se dissestes que viria eu nem pensaria tanto
Então se é pra não pensar, encerra tudo e vem

Aqui as coisas são estranhas, não note a decoração
Eu tive muito pouco tempo pra evitar essa impressão
Então se irás me ler, leia algo de bom tom
Não quero te convencer, nem insistir, nem nada não
Mas devo lhe dizer que aqui em meio a confusão
Sobrou esse tempinho pra te escrever algo de bom

Nenhum comentário:

Postar um comentário