Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

domingo, 9 de outubro de 2011

Descarte

Vamos resolver de uma vez
Eu não posso e você não quer
E não me importa mais o que disser
Nada muda o que você já fez

Eu tentei tudo o que podia
Você nem mesmo quis tentar
Nem mesmo experimentou mudar
Que diferença isso lhe fazia?

Eu lhe dei tudo o que eu não tinha
Você só me me virou as costas
Eu já sabia das respostas
E agora você segue sozinha

Eu sei que isso tudo é nada
Que pra você isso nem importa
E como sempre, fechas a porta
E me mantém como página virada

2 comentários: