Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

domingo, 22 de maio de 2016

Afirmativa

Senhorita,
Admito enfim neste domingo que estou nas tuas mãos.
Se me cabe um sim neste destino, somente a ti cabes decidir
Se me resta o não, por desatino, esta loucura irá me divertir
Pensando bem neste acaso, já não estamos muito sãos

Já não faz sentido outra abordagem pro encontro
Se tanto desencontro ainda assim só fez juntar
Rei de mil problemas e rainha de se complicar
Seja lá qual for o meio, sei que tudo estará pronto

É assim que a vida age, não dá pra ter escapatória
As coisas se encaminham pro fim que devem ter
Assim como as escolhas que fizemos no passado
Se de tanto erro mútuo sobrevive nossa memória
Em comum temos certeza de que soubemos crescer
E agora então me diz: o que pode dar errado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário