Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

O Mundo é Muito Maior Que Eu

Porque o mundo ainda é muito maior que eu.

Eu olho bem além da janela do meu quarto nessas tardes de todos os domingos que são todos os dias que parecem ser domingo. Os anos tem passado enquanto essa casa permanece aqui no mesmo lugar. Os anos passam pra mim, não passam pra casa, nem pra praça em frente, nem pra quadra onde as mesmas crianças jogam o mesmo futebol por tantos anos. O tempo passa pra mim, enquanto isso, eu não passo de uma contagem regressiva que cedo ou tarde irá zerar. O mundo continua muito maior do que eu.

Mas existe mais em mim do que todas as coisas do mundo. Existe em mim a mudança. Existe em mim o que há por trás da casa, da praça, da quadra, das crianças, dos domingos. O que eu tenho em minhas mãos é muito maior do que eu.

Então por que eu me preocupo? Por que eu me rejeito? Por que mesmo que eu não consigo mais dormir bem? Porque o mundo continuar maior. Só eu me preocupo com isso

Por isso o mundo ainda é muito maior do que eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário