Eterno arquivo do que já não interessa
Vazio Infinito

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Ultimato

Você não está atendendo o telefone, provavelmente está dormindo.

Sabe, eu ando cansado demais, triste demais, nervoso demais, estressado demais, preocupado demais, com problemas demais pra resolver sozinho... Você ainda quer piorar as coisas, meu amor? Sempre quer.
Eu quero ajuda! Posso tê-la? Alguém do meu lado as vezes é tudo o que eu preciso, mas cadê você nesses momentos? Você não consegue enxergar porque essas coisas me machucam tanto, mas é justamente por nunca ter dado a devida importância pras coisas que são tão importantes pra mim. Será que é pedir demais um pouco mais de cuidado da sua parte? Será que você não gosta de me ver feliz?

Eu não consigo. Juro. Não sei quanto disso tudo é real e quanto são armadilhas na minha cabeça, só sei que dói. Se você não pode me curar, pelo menos dessa vez não reabra as feridas. Ou então vá embora de uma vez.

Eu não consigo lidar com o que estou sentindo e não posso, de forma alguma, me testar mais ainda com você... Vou enlouquecer! Sei que não vou dormir por muitas noites. Eu só queria alguém pra me abraçar e me ouvir. Queria que você pudesse me fazer feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário