Histórias passadas de coisas não tão passadas assim

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

28 de Novembro

Eu prefiro guardar aqui a dor da sua ausência
Pois as palavras são pra sempre, como nada mais é... assim espero


Nenhum comentário:

Postar um comentário